5 problemas oculares que causam olhos vermelhos

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

problemas oculares

Um dos sintomas mais comuns de problemas oculares é o surgimento de olhos vermelhos. Geralmente acompanhados de ardência e coceira, a mudança de cor da conjuntiva indica que algo não está adequado.

Apesar de parecer uma condição sem muita relevância, a verdade é que esse quadro inspira cuidados e a consulta com um médico. Para se convencer dessa importância, nada melhor que reconhecer os possíveis causadores.

Portanto, veja 5 problemas oculares que podem causar olhos vermelhos e entenda mais sobre a sua saúde.

1. A conjuntivite é uma das causas mais comuns

Como a conjuntivite tem a ver com a presença de um corpo estranho na região da córnea, um de seus primeiros sintomas é a coceira seguida do olho vermelho. Isso acontece na conjuntivite bacteriana e na viral, principalmente. A alérgica merece um destaque especial.

A presença de uma secreção branca ou amarelada indica a ocorrência dos dois primeiros casos, mas todos exigem atenção médica. Por mais que não haja um tratamento, os cuidados certos, como o uso de colírios especiais, ajudarão a aliviar os sintomas e a garantir maior bem-estar.

2. A alergia ocular não deve ser desconsiderada

A conjuntivite alérgica acontece quando um elemento de potencial alergênico entra em contato com o olho. O quadro pode desencadear uma alergia ocular.

Nesse caso, há uma sensação intensa de ardência. Se o corpo estranho estiver nos olhos, como um pelo ou um pedaço de poeira, o efeito é ainda pior. Em resposta, o organismo começa a reagir e as estruturas ficam vermelhas.

Como são problemas oculares incômodos e que podem se tornar graves, já que a coceira pode gerar microlesões na córnea, procurar um médico é indispensável.

3. A síndrome do olho seco também é um dos problemas oculares causadores

A lágrima é um elemento composto por água e gordura que ajuda a lubrificar a região da córnea. Ela está diretamente relacionada às piscadas e ficar com o olhar fixo diminui a sua produção e favorece a sua evaporação.

problemas oculares

Quando a condição se torna crônica, há a síndrome do olho seco. Sem a lubrificação necessária, há a sensação de coceira, ardência e de areia na região. Isso leva a uma vermelhidão persistente, além de abrir a porta para a entrada de corpos estranhos.

Embora esse quadro não tenha cura, o uso de lágrimas artificiais e de colírios especiais reduz os sintomas. Para ter total segurança, somente um oftalmologista pode receitar os melhores produtos.

4. A blefarite é mais uma causa provável do problema

Em algumas situações, as bactérias da pele podem migrar para as pálpebras e causar infecções. O quadro é conhecido como blefarite e forma pequenas crostas amareladas nos cílios superiores e/ou inferiores.

Usualmente, um dos sintomas é a vermelhidão nos olhos. Esse é um dos problemas oculares mais sérios, já que pode ser do tipo crônico e não tem cura.

Para evitar prejuízos em longo prazo, é indispensável administrar os medicamentos corretos, os quais são indicados por um especialista.

5. O derrame ocular causa um efeito avermelhado diferente

O derrame ocular é o nome popular do hiposfagma. Essa condição se dá quando há um rompimento de pequenos vasos sanguíneos da conjuntiva. Normalmente, é um caso que ocorre após batidas na região do olho ou da face.

Apesar de não afetar a visão, é uma situação que exige atenção específica. Para reconhecer a ocorrência, basta reparar se o efeito avermelhado desse quadro é muito mais intenso.

Por causa dos vasos rompidos, o sangue acumulado tem uma nuance intensa e que não permite enxergar outros vasos, por exemplo. Diante do reconhecimento, a busca por um profissional deve ser imediata.

Esses são apenas alguns dos problemas oculares mais comuns que causam olhos vermelhos. Para garantir a saúde da visão, não deixe de procurar um especialista.

Você tem sofrido com esse quadro? Use o espaço dos comentários e compartilhe suas experiências.

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×