Catarata nos olhos: quando saber o momento certo para operar?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

catarata nos olhos

O problema de catarata nos olhos é muito comum em pessoas mais velhas, especialmente a partir dos 60 anos. A condição acontece porque o cristalino, que é a lente transparente do olho, começa a ficar opaco devido ao acúmulo de proteínas. Eventualmente, essa estrutura fica totalmente esbranquiçada, levando a uma perda de visão reversível.

Nesse caso, o único tratamento é o cirúrgico, em que há a retirada do cristalino e a sua substituição por lentes intraoculares. Mas, afinal, como saber qual é o momento certo de se submeter ao procedimento?

Continue lendo e descubra como descobrir essa resposta.

Saiba que não é necessário esperar a catarata amadurecer

Antigamente, a técnica de cirurgia de catarata não era tão avançada e exigia que o cristalino fosse retirado somente quando a parte central estivesse rígida. Com isso, era preciso esperar o desenvolvimento da catarata, o que era conhecido como processo de amadurecimento.

Atualmente, as técnicas são muito modernas e a cirurgia de catarata nos olhos pode ser feita tão brevemente quanto possível. Mesmo assim, muita gente não recorre ao tratamento cirúrgico por julgar que é necessário esperar.

Sendo assim, a primeira coisa a saber sobre o momento certo de operar é que não é preciso aguardar a opacificação completa — e, inclusive, é recomendado que não se faça isso.

Considere qual sua qualidade de vida com a catarata nos olhos

O fator mais importante para ser considerado sobre a realização da cirurgia é a qualidade de vida. A regra é simples: a partir do momento em que a condição começa a atrapalhar e a gerar problemas de segurança e bem-estar, é hora de operar.

Com isso, caso a catarata já esteja gerando dificuldade para dirigir, ler ou mesmo para andar pela casa à noite, o procedimento deve ser feito quanto antes.catarata nos olhos

A intenção é garantir que não haja nenhum comprometimento da sua segurança ou das suas tarefas diárias por causa de um quadro que pode ser resolvido rapidamente.

Avalie as suas condições de saúde

Em geral, não é necessário fazer nenhum exame laboratorial específico antes de uma cirurgia de catarata nos olhos. Porém, é importante ter atenção com alguns quadros crônicos.

Quem tem hipertensão, por exemplo, precisa controlar esse quadro para evitar o aumento da tensão arterial de maneira excessiva durante a cirurgia. Os diabéticos, por sua vez, devem fazer o tratamento adequado para prevenir casos de hipoglicemia.

Outras condições, crônicas ou pontuais, devem ser consideradas, de modo que elas sejam administradas e informadas ao médico para que não ocorram problemas no futuro.

Conte com a opinião de um especialista

Porém, a única pessoa plenamente capacitada para determinar qual é o momento certo para operar é um oftalmologista. Com isso, as consultas de rotina são indispensáveis tanto para o diagnóstico, quanto para o acompanhamento do problema.

Avaliando suas condições de saúde, seu estilo de vida e outros elementos necessários, ele poderá indicar qual é o momento adequado, de forma a garantir que haja todo o suporte para obter os melhores resultados.

Ao levar tudo isso em conta, dá para reconhecer o momento indicado para operar a catarata nos olhos. Quem deve dar a indicação final é o médico especialista, que consegue identificar, com precisão, a melhor hora para recorrer a essa solução.

Tem alguma dúvida sobre quando operar? Conte nos comentários e participe.

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×