Como faço para saber se tenho glaucoma?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

glaucoma

Uma das características do glaucoma é que o desenvolvimento da doença ocorre de uma maneira lenta, ao longo de meses ou anos, e sem nenhum sintoma aparente. Muitas vezes, a doença progride de forma tão lenta que a perda gradual da visão não é facilmente percebida. Por isso, é uma doença perigosa e que pode levar à cegueira se não for tratada corretamente.

Cada tipo de glaucoma tem uma série de características diferentes. Existem os de ângulo aberto, fechado e congênito. Mas, basicamente, a origem da doença vem do surgimento de uma lesão do nervo óptico e ocorre um aumento de pressão nos olhos.

Por isso, se você está sentindo algum desconforto nos olhos e desconfia que está com glaucoma, cuidado! Primeiramente, é muito importante que o diagnóstico seja realizado por um médico especialista antes que você comece a utilizar colírios para aliviar os sintomas.

Colírios são medicamentos e não devem ser usados sem prescrição médica, pois podem piorar os sintomas e trazer consequências graves. Para descobrir se você tem glaucoma, reunimos as principais características relacionadas à doença e dicas para prevenção. Confira:

Avanço da idade tem relação com glaucoma

Existem alguns fatores que aumentam as chances de uma pessoa ter a doença. Geralmente, idosos, pessoas que possuam parentes portadores de glaucoma e com problemas de pressão arterial estão dentro do grupo de risco.

Você sabia que, de acordo com a Sociedade Nacional de Prevenção de Cegueira dos Estados Unidos, três a cada 100 pessoas com mais de 65 anos tem glaucoma? Como alguns desses problemas tem a ver também com o avanço da idade, é preciso sempre manter os exames e as consultas em dia para evitar surpresas desagradáveis.

glaucoma

Dificuldades para enxergar

Visão embaçada, necessidade para trocar de óculos excessivamente, dificuldades para enxergar em ambientes escuros e perda de visão lateral são os principais sintomas de quem está com glaucoma. Além disso, quem possui o glaucoma de ângulo fechado, costuma ter sintomas que desaparecem e reaparecem no começo da doença. Um exemplo é sentir uma dor grave e súbita em um olho.

Não se esqueça de consultar um especialista

Não basta identificar os sintomas do glaucoma para descobrir se você realmente tem a doença. O mais importante é buscar ajuda médica sempre e fazer consultas regulares para cuidar da saúde ocular.

Faça exames oftalmológicos regulares para que qualquer tipo de doença seja identificado desde o início. Um diagnóstico bem feito pode fazer com que a progressão da doença seja retardada e diminuir as chances de ter consequências graves.

Exames são necessários para detectar a doença

Um dos exames mais conhecidos para detectar o glaucoma é a tonometria, que mede a pressão do olho. Exame de fundo de olho, imagens do nervo óptico, resposta do reflexo da pupila e acuidade visual são outros exames complementares para saber se você realmente tem a doença.

Entendeu o que é preciso saber para avaliar se você tem glaucoma? Dúvidas? Deixe o seu comentário. Em nosso blog, você pode ler mais sobre dicas para cuidar da saúde dos olhos.

 

Responsável técnico: Dr. Jorge Mitre | CRM: 28420

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×