4 exames oculares que você precisa fazer frequentemente

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

exames oculares

Coceira, vermelhidão, dificuldade para enxergar, dores de cabeça e problemas com claridade são sinais de que seus olhos não estão bem. Mas, infelizmente, cuidar da saúde dos olhos nem sempre é prioridade para muitas pessoas. É muito importante consultar um oftalmologista sempre que surgir algum incômodo nos olhos, pois ele será o único que poderá pedir exames oculares e diagnosticar se você está com alguma doença.

Além disso, um dos piores erros que as pessoas cometem com a saúde dos olhos é aplicar colírios sem prescrição médica. Colírios são medicamentos e não devem ser usados sem uma consulta médica. Além de correr o risco de piorar a doença, em casos extremos, o uso incorreto pode contribuir até mesmo para a cegueira dos olhos.

Para evitar isso, é essencial fazer exames oculares frequentemente em uma clínica com máquinas e equipamentos de última geração. Veja, abaixo, quais são os principais:

Mapeamento de retina

Esse exame deve ser realizado ao menos uma vez por ano, pois o mapeamento de retina revela informações específicas da visão. Ele precisa ser feito com a frequência recomendada, porque doenças na retina só são percebidas quando já estão em um estágio avançado. Por isso, é um dos principais exames oculares que você precisa fazer frequentemente.

Por meio do exame, é mais fácil diagnosticar qualquer tipo de alteração na retina. É necessário que o paciente fique com a pupila dilatada e, em seguida, uma projeção de luz é jogada no fundo do olho. Depois, o oftalmologista poderá analisar a imagem refletida por meio de uma lente e avaliar a retina.

Biomicroscopia de fundo é um dos principais exames oculares

É um dos exames oculares de rotina e deve ser feito para avaliar a córnea, a íris e o cristalino, que são as estruturas do segmento anterior. Além disso, a biomicroscopia de fundo inspeciona o nervo óptico e retina central. Tudo por meio de um biomicroscópio, que é um aparelho conhecido também pelo nome lâmpada de fenda.

Durante o exame, o paciente fica sentado em frente ao aparelho e o oftalmologista observará os olhos depois de dilatar as pupilas.

exames oculares

Retinografia Simples

Um dos principais objetivos da retinografia é analisar a retina, o nervo óptivo, a mácula e os vasos do fundo do olho. Por meio de fotografias em alta resolução, o oftalmologista poderá diagnosticar doenças como glaucoma, no nervo óptico e na retina. O paciente precisa estar com as pupilas dilatadas para realizar o exame.

Topografia Corneana (Ceratoscopia Computadorizada)

Um dos exames oculares mais importantes é a topografia corneana, pois por meio de um equipamento especializado é possível ver o mapeamento topográfico do relevo da córnea.

O exame é essencial para que doenças precoces sejam identificadas pelo oftalmologista. Além disso, esse tipo de exame é importante na adaptação de pacientes que usam lentes de contato.

Pessoas que desejam realizar cirurgias de catarata, refrativas e transplantes de córnea também precisam do auxílio desse exame.

O resultado do exame é um mapa com cores que revelam a topografia da córnea.

Não se esqueça de ir ao oftalmologista com a frequência recomendada. Além de cuidar da saúde, os exames oculares ajudam na identificação de doenças precoces. Acompanhe nosso blog para ler mais dicas de saúde ocular e deixe um comentário com a sua dúvida.

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×