Quais os fatores de risco podem levar ao glaucoma?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

glaucoma

O glaucoma é uma doença bastante grave para a saúde ocular. Em geral, há uma compressão do nervo óptico que pode causar até mesmo a cegueira permanente. Embora não seja possível prever quando uma doença acontecerá ou não, alguns fatores são especialmente importantes e podem indicar a maior chance de ocorrência para esse e outros tipos de problema.

Conhecê-los, inclusive, é muito importante para agir de maneira preventiva, tanto quanto possível. Portanto, veja a seguir quais são os maiores fatores de risco para essa doença e entenda mais sobre o assunto.

Pressão intraocular é o fator mais importante

O principal fator para ocorrência do glaucoma é a pressão intraocular. Não é possível dizer que quem tem uma pressão intraocular mais elevada necessariamente vai desenvolver esse problema, mas o fato é que há mais chances quando esse valor é elevado.

Um valor maior desse fator significa que o nervo óptico é mais comprimido, o que faz com que haja maior possibilidade desse problema acontecer.

Idade é um dos fatores de risco

Outro fator de risco é a idade. Quanto mais velha é uma pessoa, maiores são os riscos de que ele tenha algum tipo de degeneração na região dos olhos. Com isso, pode haver maior dificuldade em escorrer o humor vítreo, o que leva a uma possibilidade maior que essa condição aconteça.

Além disso, a idade também pode contribuir para o aparecimento de doenças crônicas, tal qual o diabetes. Nesse caso, há mais riscos para o funcionamento dos nervos e também para a circulação em geral, aumentando as chances de que surja o problema.

Histórico familiar também afeta o glaucoma

Pacientes que têm histórico familiar de glaucoma têm mais riscos de sofrer com esse problema. Mesmo na ausência de outros fatores, a condição genética desempenha um papel muito importante na ocorrência desta doença.

O risco é tão maior quanto menor é a distância entre o paciente e o familiar que já sofreu com esse tipo de problema. Porém, novamente não se trata de uma ciência exata, até porque um dos familiares pode estar na fase assintomática do problema, por exemplo.

Etnia é outro fator de risco

Ainda não é totalmente claro o motivo, mas o fato é de que pessoas negras têm mais chances de desenvolver essa doença quando comparados a pacientes de outras etnias. Considerando que boa parte da população brasileira é negra ou tem algum tipo de descendência, essa é uma questão que precisa ser especialmente considerada.

Ao mesmo tempo, isso não significa que toda pessoa negra terá o problema ou que uma pessoa caucasiana não corre qualquer tipo de risco. Esse é um fator que se torna mais pesado dependendo da combinação com as outras questões.

Os fatores de risco para o glaucoma incluem desde questões como a pressão intraocular até mesmo a etnia. Quanto mais fatores um paciente tiver, maiores são as chances de ele desenvolver o quadro. Como muitas vezes ele é assintomático, entretanto, é importante fazer o acompanhamento constante com um oftalmologista para garantir a saúde dos olhos.

Ainda tem alguma dúvida sobre esses fatores? Conte nos comentários!glaucoma

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×