Problemas de visão: como descobrir se você tem?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

problemas de visão

De todos os problemas de visão que uma pessoa pode ter, nenhum deles é simples. Se forem doenças refrativas, elas trarão incômodos para a rotina de trabalho, estudos e até para o deslocamento na cidade. Se for uma conjuntivite, o paciente deverá ficar afastado de suas atividades em grupo até que o períodos de contágio tenha passado. Sem contar a lista de doenças graves que devem ser tratadas com muita responsabilidade.

Mas de todas essas que citamos, como saber se você tem alguma delas? Como ter certeza que a saúde está em dia e você não tem problemas de visão? Leia este texto até o final e entenda agora.

Consulte um médico oftalmologista regularmente

O ponto mais importante deste texto e que não podemos deixar de falar é sobre as consultas regulares ao médico oftalmologista. Para pessoas adultas e que não foram diagnosticadas com nenhuma condição específica, elas podem acontecer uma vez ao ano, de forma profilática. Ou seja, para checar se tudo está dentro do previsto e se não existem condições ainda no princípio.

Para os pacientes já diagnosticados, o cenário muda um pouco. Dependendo da situação, o médico pode recomendar uma frequência maior. Isso porque cada doença tem uma velocidade específica de evolução e que deve ser acompanhada. Por exemplo, quem usa óculos para corrigir alguma doença refrativa deve checar se o grau em uso ainda funciona ou se ele sofreu alguma alteração dentro daquele intervalo de tempo.

Fique atento para sintomas e problemas de visão repentinos

Outra situação para qual devemos ficar muito atentos é o surgimento de sintomas repentinos. Por exemplo, pontos de sangue nos olhos, inchaços, secreções, moscas volantes e até mesmo dificuldades para enxergar podem ser sinais de problemas de visão. Nesses casos, é fundamental procurar ajuda médica o mais rápido possível. Isso porque não é normal que essas coisas aconteçam em pouco tempo e certamente você precisará de atendimento de urgência.

problemas de visão

Os sintomas gradativos e difíceis de serem percebidos

Algumas doenças, como o glaucoma por exemplo, têm sua evolução de forma gradativa. Ou seja, aos poucos o paciente começa a perder a visão periférica (no caso do glaucoma) e, quando ainda no começo, não percebe que isso está acontecendo. Na maioria das vezes, será necessário que algo drástico aconteça para que o médico seja consultado. Nesses casos, o tratamento pode ficar ainda mais difícil.

Dores de cabeça frequentes podem ter origem nos problemas de visão

Você já sentiu dores de cabeça fortes depois de muito tempo estudando ou trabalhando intensivamente? O motivo por trás delas podem ser problemas de visão. Isso porque os olhos se esforçam excessivamente para correr atrás do prejuízo. A consequência são dores de cabeça que começam a incomodar com uma frequência grande, suficiente para te levar ao consultório médico.

Os problemas de visão podem ser bastante incômodos quando persistentes, ou até perigosos se forem doenças graves. Podem ser sintomas gradativos e difíceis de serem percebidos, ou aqueles que surgem da noite para o dia. Independentemente do sinal que o seu corpo te der, acredite que algo está errado e procure um médico oftalmologista imediatamente.

Você já sentiu algo parecido acontecendo com você? Compartilhe a sua experiência nos comentários.

Responsável técnico: Dr. Jorge Mitre | CRM: 28420

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×