Problemas de visão: conheça os tipos

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

problemas de visão

Nossos olhos são órgãos poderosos e muito importantes em qualquer situação que estamos. Eles são capazes de receber a luz para que o cérebro interprete aquilo que está à nossa frente. Seja um objeto, um caminho ou as minúcias das expressões faciais das pessoas que conversam conosco. Quando, por algum motivo, eles começam a falhar, é importante procurar ajuda médica. E os problemas de visão podem começar silenciosamente, com uma evolução lenta e quase imperceptível, ou surgirem da noite para o dia.

Para te ajudar a identificar os sinais de que algo está errado, elencamos os principais tipos de problemas de visão. Leia este post até o final de entenda.

Doenças refrativas e os óculos de grau

As doenças refrativas estão entre os problemas de visão mais comuns na população. São eles: a miopia, quando o paciente tem dificuldades para enxergar de longe; a hipermetropia, que é o exato oposto, quando há dificuldade para enxergar objetos próximos; o astigmatismo, quando o paciente não consegue focar em nada, independentemente da distância; e a presbiopia, que é popularmente conhecida como vista cansada e começa a se manifestar principalmente depois dos 40 anos.

Geralmente os sintomas são lentos e quem os sente consegue driblá-los por um tempo. Mas o recomendável é não adiar a consulta e procurar tratamento o mais rápido possível. Todas essas condições podem ser imediatamente tratadas com o uso de óculos de grau ou lentes de contato. De uma forma mais definitiva, as cirurgias a laser também têm resultados excelentes.

problemas de visão

A catarata e os problemas de visão que ela provoca

São chamadas de catarata todas as condições nas quais o cristalino perde sua transparência. Ou seja, quando ele fica opaco e a luz tem dificuldades para passar por ele. Geralmente, o paciente chega ao consultório se queixando de nuvens na visão, ou a sensação de que tudo está esbranquiçado. Os motivos por trás desse quadro podem ser genéticos, em consequência de traumas, doenças crônicas nos olhos ou até mesmo como uma espécie de efeito colateral do diabetes. Mas na maioria das vezes ela é considerada parte natural do envelhecimento. Seu tratamento é cirúrgico e definitivo, uma vez que o cristalino é substituído por uma lente artificial e que não ficará opaca com o passar do tempo.

O glaucoma e a sua evolução silenciosa

O glaucoma é um dos problemas de visão mais graves que alguém pode ter. Isso porque a sua evolução é silenciosa e nem sempre o paciente a percebe a tempo. Os sintomas começam com a sensibilidade aumentada à luz, surgimento de contornos nos objetos, dores nos olhos e na cabeça, além da perda parcial da visão. Esse último ponto é o mais grave e que, dependendo do estágio da doença, pode não ser revertido. Por isso, ao menor sinal de que algo está errado, procure o seu médico de confiança e cheque a sua saúde imediatamente.

Problemas de visão podem atrapalhar a rotina de qualquer pessoa. Podem ser sintomas que atrapalham a enxergar com nitidez, podem ser aqueles que provocam incômodos agudos, como coceira e inchaço. Independente da natureza do problema, a única pessoa que poderá te ajudar a ter o melhor tratamento é o seu médico oftalmologista.

Você já sentiu algum desses sintomas ou teve problemas de visão? Conte nos comentários como você superou essa situação.

Responsável técnico: Dr. Jorge Mitre | CRM: 28420

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×