Quais os procedimentos para uma cirurgia de miopia?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

cirurgia de miopia

Muitas pessoas têm dificuldade em enxergar letras e objetos de longe e sonham em deixar de usar óculos ou lentes de contato. Nesses casos, a cirurgia de miopia é o procedimento cirúrgico mais indicado. Mais precisamente, a correção refrativa é feita por meio do laser e é indicada para pacientes que já têm o grau de miopia estabilizado.

O primeiro passo é consultar um especialista no assunto para que os primeiros exames sejam feitos e o diagnóstico seja realizado. O oftalmologista saberá informar sobre qual tipo de cirurgia é a mais indicada e analisar os exames cuidadosamente para que o tratamento tenha sucesso. Quer saber quais são os procedimentos para uma cirurgia de miopia? Veja abaixo uma lista com os principais passos.

Cirurgia de miopia: exames são essenciais

Nenhuma cirurgia de miopia pode ser realizada sem que os devidos exames sejam feitos. O conjunto de exames oftalmológicos tem o objetivo de verificar se a curvatura da córnea, pois cada pessoa tem imperfeições diferentes. A tomografia da córnea é um dos exames mais importantes justamente porque revela se a espessura do paciente é adequada para fazer a cirurgia. Além disso, a avaliação do fundo do olho e o mapeamento da retina fazem parte do procedimento que antecedem a cirurgia.

A preparação para a cirurgia

Pessoas que usam há muito tempo lentes de contato precisam interromper o uso para realizar o procedimento. Isso porque o uso prolongado pode interferir na curvatura da córnea que será corrigida. Geralmente, isso já é pedido para que os exames sejam feitos de maneira precisa.

Depois que todos os exames preparatórios são realizados e o oftalmologista marca a cirurgia de miopia. Colírio anestésico é pingado no olho do paciente e suas pálpebras são presas em uma espécie de grampo para evitar que ele pisque durante o procedimento.

cirurgia de miopia

A cirurgia

A cirurgia de miopia não demanda muito tempo e todo o processo não dura mais que 15 minutos. O primeiro passo para a correção da miopia é cortar a membrana que envolve a córnea, que se chama epitélio. Isso é necessário para que o laser faça a correção da maneira apropriada. Em seguida, será feito o nivelamento da córnea por meio do Excimer Laser. Os tecidos serão separados em uma determinada profundidade da córnea, sem a necessidade que seja feito um corte. Depois, a correção dos graus é feita por meio da retirada do tecido da córnea de acordo com as necessidades de cada paciente.

Essa cirurgia pode ser auxiliada pelo laser de Femtosegundo, uma alternativa que oferece diversas vantagens. Tanto é que pode ser indicado para pacientes que têm miopia elevada ou possuem córneas muito finas. Além disso, é mais seguro, indolor, traz resultados mais rápidos, não apresenta inflamação e produz menos efeitos colaterais. Nesse caso, o laser Femto opera com uma frequência de pulsos muito rápidos, que garante a segurança durante o procedimento cirúrgico.

Em uma cirurgia de miopia, o Femto substitute os cortes iniciais do metodo anterior e cria um flap ultra fino separando os tecidos em uma determinada profundidade da córnea. Em seguida, o Excimer Laser corrige os graus, tirando o tecido da córnea que foi previamente definido pelo oftalmologista. Por fim, o flap é devolvido para seu lugar original e o resultado é que não há vestígios visíveis após a cirurgia no olho.

O pós-operatório

Pessoas que são submetidas a uma cirurgia de miopia tem um pós-operatório relativamente tranquilo, pois não é necessária internação. Após o procedimento, o paciente enxerga bem sem a necessidade de óculos ou lentes de contato. Entretanto, é recomendável evitar a prática de esportes que têm o risco de machucar os olhos. Além disso, esfregar os olhos deve ser totalmente evitado.

Está com alguma dúvida sobre quais os procedimentos para uma cirurgia de miopia? Deixe um comentário ou entre em contato conosco!

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×